O melhor curso para quem quer ter o seu próprio negócio

O melhor curso para quem quer ter o seu próprio negócio

Qual o melhor curso para quem quer ter o seu próprio negócio?

Se estás a ler este artigo acredito que seja porque és ou pretendes ser um empreendedor e desejas criar o teu próprio negócio. Talvez tenhas ficado sem trabalho e estejas a começar a perceber que o empreendedorismo talvez tenha tanta segurança como um emprego. Talvez estejas naquela fase da vida em que te deste conta que a trabalhar por conta de outrem a probabilidade de seres financeiramente independente é praticamente nula, pelo que ao continuares assim estarás condenado a simplesmente trocar o teu tempo por dinheiro para sobreviver e nunca serás verdadeiramente livre.  Talvez procures um curso para ter o próprio negócio. Talvez sejas um jovem e já te apercebeste que a fórmula que os teus pais usaram (tira um curso, arranja um bom emprego e ficas com a vida resolvida) não funcionou nem financeiramente nem a nível de realização pessoal e tu já decidiste que definitivamente não queres essa vida para ti.

Os empregos até te podem dar um salário, mas para além deste ser cada vez menos uma garantia, os empregos também te retiram liberdade, obrigam-te a seguir ordens e cumprir horários. Tens de propor as tuas férias que dificilmente serão mais que um mês por ano e dificilmente podes desaparecer durante uns tempos porque decidiste aproveitar aquela viagem, aquele evento, aquele retiro.

Também será muito difícil tendo um emprego poderes ficar um mês ou doze ou mais em casa a cuidar do teu filho, ou levá-lo e buscá-lo tranquilamente à escola à hora que queiras. O mais provável será que  te vejas obrigado a ‘depositá-lo’ na escola, num infantário, ou numa avó o mais cedo possível e irás buscá-lo o mais tarde que te for permitido.

Para não entrares em colapso mental, o mais provável será que a tua revolta seja para a escola ou para os infantários por não disponibilizarem um horário mais alargado para o teu filho estar lá ‘depositado’, pois se não te revoltares com a escola a outra opção é revoltares-te com a vida que levas e se não tiveres a coragem para mudar isso essa revolta vai doer-te muito. Mas depois, a dada altura, talvez comeces a perceber que esta é a revolta que vale a pena fazer e é nesse momento que decides tornar-te empreendedor.

 

Torna o empreendedorismo um dos teus hobbies para que sejas tu a escolher o momento de te tornares empreendedor a 100%.

 

Muitas vezes os empreendedores afirmam que terem sido despedidos acabou por ter sido a melhor coisa que lhes aconteceu pois isso obrigou-os tornarem-se empreendedores. Foi exactamente o que aconteceu com a Sónia Anjos, mentora deste projeto #BemEstarGlobal em 2007. Isto é de facto muito comum acontecer, pois nós fomos maioritariamente educados, formatados e treinados para sermos empregados, o que faz com que o mais natural seja pensarmos e operarmos como tal, pelo que grande parte das pessoas salte para o empreendedorismo apenas quando se vê obrigado a isso. A nossa sugestão é que antes que isso te aconteça tornes o empreendedorismo um dos teus hobbies para que sejas tu a escolher o momento de te tornares empreendedor a 100%.

A questão é que ao apenas trabalhares por conta de outrem mais cedo ou mais tarde irás chegar a um momento da tua vida em que tomas consciência que tens estado a trocar o teu tempo por dinheiro simplesmente para construireis os sonhos de outra pessoa (do teu patrão) e os teus sonhos ficaram arrumados na gaveta porque foste escolhendo acreditar que não era possível serem realizados.

 

Independentemente do estágio onde estás, o que interessa é que agora estás aqui e tens interesse em saber mais sobre empreendedorismo e é sobre empreendedorismo que vamos falar.

 

Os empregos estão a acabar e num futuro bem próximo as profissões serão substituídas por ocupações diversas que as pessoas irão ter ao longo da sua vida e que se irão alterar de acordo com as necessidades e gostos. Se tiveres mente de empregado o mais natural será que as tuas ocupações se alterem de acordo com as tuas necessidades de sobrevivência, ao passo que se tiveres mente de empreendedor o mais natural será que as tuas ocupações se alterem de acordo com os teus gostos e isto isto fará toda a diferença naquilo que é realmente importante, a tua felicidade.

É importante que tenhas noção que nem todos os negócios vingam, pelo contrário, na prática por cada dez negócios que nascem sete não sobrevivem aos primeiros cinco anos, portanto se estás à espera de ler um artigo romântico sobre o empreendedorismo simplesmente para te motivar e que te diga que desde que acredites nos teus sonhos vais conseguir, então as tuas expectativas vão muito provavelmente sair goradas e acabarás bastante frustrado.  No entanto, se o teu objectivo é, pelo menos, fazer parte dos três negócios que não fecham nos primeiros 5 anos, ou seres um empreendedor de sucesso, financeiramente independente, dono do teu tempo e uma pessoa livre, então acredito que a informação que irás obter neste artigo daqui em diante ser-te-á muito útil.

 

O ideal seria um bom curso para ter o próprio negócio.

 

Partindo do princípio estatístico que por cada 10 negócios que nascem 7 não sobrevivem os primeiros cinco anos, é interessante que te habitues à ideia de que vais a cometer erros. Ora se vais cometer erros é importante que, ao contrário da forma como provavelmente foste educado e que te ensinaram na escola, lides tranquilamente com os erros que venhas a cometer e que os encares como aprendizagem para que sempre que erres nunca percas a lição. Para errares tranquilamente deves cuidar muito da saúde da tua auto-estima, pois com uma auto-estima saudável deixas de estar dependente de validação ou da necessidade de reconhecimento constante. Uma pessoa com uma auto-estima saudável erra muito, erra tranquilamente e sobretudo erra rápido, pois quanto mais depressa errares mais depressa aprendes e começas a acertar.

O ideal seria um bom curso para ter o próprio negócio. Para mim o melhor curso de empreendedorismo é o Marketing de Rede pois se te associares a uma marca séria, a empresa e os seus Membros/Distribuidores/Consultores irão ajudar-te a desenvolver as competências e mentalidade de empreendedor que te farão tornares-te financeiramente independente. Entretanto, é muito importante que entendas este pormenor fundamental: não é a empresa, não é o produto, não é o plano de pagamentos, não é nada disso que te irá fazer ficar financeiramente independente.

 

O que te fará financeiramente independente são as tuas competências e mentalidade empreendedora. Um evento que funcione como um curso para ter o próprio negócio pode ajudar-te nisto.

 

Se fores para uma empresa de Marketing de Rede apenas focado em ganhar dinheiro, mesmo que seja muito dinheiro, mais cedo ou mais tarde o teu negócio tende a colapsar e a tua tendência pessoal será a de desistir e dizeres que o Marketing de Rede é uma ilusão. A ilusão é a mesma que se tu abrires outro negócio qualquer penas focado em ganhar dinheiro, mais cedo ou mais tarde o teu negócio tende a colapsar e aí a tua tendência será fechar portas e dizeres que o mercado está mau, a concorrência é desleal e o governo o teu pior inimigo.

A questão pertinente, é que da mesma forma que as pessoas que desistem do Marketing de Rede indicando que é uma ilusão e continuam a haver cada vez mais pessoas a ter sucesso nesta actividade, as pessoas que desistem dos chamados negócios ‘tradicionais’ vêem negócios semelhantes aos seus a prosperar. Então é muito importante que fiques desde já com isto gravado na tua mente, são as tuas competências e a tua mentalidade, ou seja, o teu desenvolvimento pessoal que te tornará financeiramente independente e portanto esse deverá ser sempre o teu  principal foco.

Como numa empresa de Marketing de Rede séria o investimento inicial é ridiculamente baixo e não existem custos fixos obrigatórios, tu podes demorar o tempo que tu quiseres a desenvolver essas competências e alteração de mentalidade que ficarão contigo para sempre e que as podes aplicar em todas as áreas da tua vida, incluindo na escola, no emprego, ou na tua empresa.

O facto teres todo o tempo que desejares para fazer essa alteração de mentalidade e aquisição de competências é uma enorme vantagem pois como a esmagadora maioria das pessoas foi educada, formatada e treinada para ser empregado por conta de outrem, o processo de mudança pode ser mais demodo e dificil que o espectável, pelo que poder contar com o apoio sem pressões de uma grande empresa, bem como de mentores é claramente uma mais valia.

 

A grande vantagem do marketing de Rede para começar a ter o próprio negócio

 

Outra grande vantagem do Marketing de Rede, ou Marketing Multinível é que apesar de ficares com um negócio chave na mão e estares a usar o nome de uma marca multinacional de grande prestígio, ao contrário dos franchisings onde necessitas pagar elevados direitos de entrada e royalties (fixos e variáveis) num negócio de Marketing de Rede tendes a ter um investimento inicial muito reduzido e em vez de pagares royalties é normal que sejas tu a recebê-los mensalmente a partir do momento em que o teu negócio atinge um determinado nível de evolução.

Mesmo que tenhas já muito claro na tua mente o tipo de negócio onde tu queres aplicar a tua energia, queremos sugerir-te vivamente que vás a um evento de Marketing de Rede, pois poderá estar lá mais uma oportunidade de negócio e um empreendedor é alguém que está sempre atento e gosta de aproveitar uma boa oportunidade de negócio, sobretudo se esta for uma oportunidade que possa ajudar a que se desenvolva como pessoa e como empreendedor em qualquer área.

Mesmo que não encontres aqui a oportunidade de negócio que tu acreditas ser a mais indicada neste momento para ti, encontrarás com certeza um curso para ter o próprio negócio, o melhor curso de empreendedorismo.

 

Nesta formação e evento de treino para o sucesso organizada por membros da Herbalife Nutrition vais poder:

 

  • Aprender sobre a oportunidade de tirares os sonhos que ainda tens na gaveta e como começar a realizá-los
  • Aprender a pensar como um empreendedor e ganhar os principais hábitos comuns aos empreendedores
  • Saber como começar a trabalhar com uma empresa em franco crescimento, com um negócio internacional pronto a começar e de muito baixo investimento
  • Entender como a Nutrição Herbalife te pode ajudar a melhorar bastante os teus níveis de energia, bem-estar, saúde, composição corporal, saúde, performance mental e desportiva e conhecer resultados reais
  • Aprender sobre o plano de marketing e modelo de compensação da empresa e como podes adicionar um novo rendimento à tua vida de imediato
  • Conhecer vários exemplos de resultados de sucesso de pessoas que vêem das mais variadas áreas que também pode ser a tua
  • Aprender sobre sucesso e liderança com um dos grandes líderes internacionais de maior sucesso da companhia, o convidado especial do evento.
  • Encontrar um poderoso grupo de influência, uma família, formação e ferramentas prontas para te ajudar na tua fase de arranque e desenvolvimento de negócio, algo fundamental para que o teu negócio saia das estatísticas e não feche nos primeiros meses ou anos de negócio, mas sejas extremamente bem sucedido.
  • Desenhar o teu próprio plano de sucesso para criar e desenvolver o teu negócio de sonho e o caminho para a tua liberdade e independência financeira
  • Aprender como aproveitar o teu tempo livre e o que já gostas de fazer para desenvolver o teu negócio de sucesso
  • Fazer networking com empreendedores, líderes e pessoas de sucesso que estão prontas para te ajudar a crescer e mentores genuinamente interessados no teu sucesso e em ajudar-te a atingi-lo.
  • Perceber como podes contribuir para tornar o mundo mais saudável e feliz enquanto vives o teu próprio propósito.

E muito mais…

 

Porque aqui todos os teus sonhos são possíveis de realizar.

 

Temos uma experiência de mais de 15 anos como empreendedores e mais de 11 neste negócio em particular. Estamos aqui para te receber de braços abertos e te ensinar tudo o que sabemos, porque a nossa missão é ajudar pessoas com vontade de empreender como tu a desenhar um novo estilo de vida, para viverem da sua paixão e criar a sua vida de sonho com muita energia e liberdade. Também é isto que queres para ti e estás pront@ para emprrender nesta jornada com o nosso apoio? Então contata-nos e marca a tua presença num dos próximos eventos.

Avança!

Vemo-nos no próximo evento.

Um abraço,

Sónia e António

 

Treino Funcional  no Palácio Quinta da Piedade

Treino Funcional no Palácio Quinta da Piedade

Apesar do conceito de treino funcional ter a sua génese na Grécia Antiga, uma vez que os exercícios tinham a função de simular/preparar/melhorar movimentos fundamentais para os guerreiros, foi a partir de 1911 que surge o conceito de treino funcional que conhecemos hoje, que é basicamente um programa de treino com o objectivo de deixar o indivíduo mais funcional, ou seja, melhor preparado para desempenhar tarefas da vida diária.

No início a base do treino funcional era a mesma do Powerlifting, pois utilizava movimentos de levantamento terra, supino e agachamento, uma vez que por serem de exercícios multiarticulares, promoviam bastantes benefícios em fortalecimento muscular e ganho de força, deixando o praticante mais funcional.

Anos mais tarde começou a surgir outra abordagem de treino funcional, baseada em cinco pilares (estabilização da coluna vertebral, resistência, flexibilidade, equilíbrio e propriocepção). Foi e ainda é muito utilizado no campo da reabilitação com o intuito de recuperar funções perdidas e tende a gerar resultados muito positivos, nomeadamente na melhora de estabilidade articular, amplitude de movimento, controle neuromuscular, etc.

Correr, saltar, agachar, empurrar e correr são tudo movimentos naturais do ser humano que podem fazer parte de uma sessão de treino funcional.

Ligeiramente diferente da musculação, o praticante sai fora dos movimentos mecânicos e eixos de movimento definidos ou isolados, sendo também menos monótono e muito mais divertido.

A nossa Treinadora de Bem-Estar Cátia Rodrigues organiza um FitClub de Treino Funcional Feminino no Palácio Quinta da Piedade todas as terças-feiras.

O conceito FitClub é na pratica um grupo de amigos que se junta para treinar e depois socializar, trocar experiências e apoio para atingirem os seus objectivos.

Os treinos acontecem na entrada do Palácio Quinta da Piedade, mais especificamente no anfiteatro da entrada para o jardim.

A Cátia Rodrigues é Membro Herbalife da nossa equipa e está ligada ao fitness há cerca de 20 anos tendo sido já Vice-campeã Nacional de Body Fitness.

O seu propósito é ensinar mulheres que treinam, têm interesse em adquirir bons hábitos alimentares e que estão verdadeiramente determinadas a melhorar a sua composição corporal, a atingirem a sua melhor forma de sempre.

Tendo em conta o facto de contar com 37 primaveras e isso não a impede de manter uma composição corporal absolutamente extraordinária e sempre a baixo dos 16% de gordura corporal o ano inteiro, parece-me ser a pessoa que tu queres que te ajude a contruir o teu corpo de deusa. 😊

Para participares basta enviares um mail para info@catiapintorodrigues.com

Um abraço,

António Ferreira

Se pretenderes uma solução nutricional com produtos Herbalife ou um part-time e iniciares o teu negócio como Membro Herbalife fazendo parte minha equipa, entra em contacto através do mail: info@bemestarglobal.com pois o meu propósito é ajudar pessoas que querem mais da sua vida a desenharem o estilo de vida dos seus sonhos e a viver livremente a sua paixão. O negócio Herbalife é para mim uma das melhores formas que conheço de proporcionar isso.

 

A Cátia Rodrigues é Treinadora de Bem-Estar da minha equipa. Se pretenderes a sua ajuda para te desenhar uma solução nutricional Herbalife para elevares o teu treino para o próximo nível e que caso queiras viver da tua paixão e iniciares o teu negócio como Membro Herbalife poderás fazê-lo através do mail info@catiapintorodrigues.com

Patrocínios para atletas ou atletas empreendedores?

Patrocínios para atletas ou atletas empreendedores?

Gostava de abordar aqui o tema dos patrocínios para atletas uma vez que sou frequentemente contactado para patrocinar atletas, bem como modelos, cantores, artistas, etc. Por essa razão parece-me fazer todo o sentido que percebas a minha visão sobre o assunto.

A esmagadora maioria de nós foi ensinada/educada/programada para ter um emprego.

«Estuda muito e trabalha muito para arranjares um bom emprego».

É assim que o cérebro da maioria das pessoas está programado para agir. Tendemos a munirmo-nos de recursos necessários, trabalho, conhecimento, bajulação, etc para conseguir um bom emprego, ou seja, alguém ou algo que cuide de nós.

No caso dos Líderes de Opinião (neste caso vou falar de atletas, sendo que funciona da mesma forma para artistas, manequins, etc) apesar de com algumas diferenças inerentes ao meio, o conceito é o mesmo, ou seja o atleta procura um clube que pague bem e certo (quando isso é possível, coisa que não o é na grande maioria dos desportos) e na esmagadora maioria das vezes um patrocínio.

A questão é que aquilo que para o atleta é um emprego (recebo X para promover a marca Y), para a empresa é um negócio (pago Z ao atleta uma vez que tenho a expectativa de ganhar 1.000xZ em vendas por causa de ter esse atleta associado à minha marca).

Assim o atleta tem na sua cabeça um emprego (um valor garantido logo zero risco) e a marca tem um negócio (um custo garantido, um potencial de rendimento e um risco associado, uma vez que o atleta pode não performar como se esperava).

Tendo por base esta lógica facilmente concluímos que se o atleta obtiver resultados há continuidade de patrocínio ou apoio (palavra muito usada no meio, uma vez que ao contrário do que se pensa o valor monetário dos patrocínios na  esmagadora maioria das modalidades é tão baixo que os atletas compram melhor o conceito se em vez de ser vendido como um patrocínio for vendido ao atleta como um apoio), caso contrario o patrocínio tende a terminar.

Na prática é o mesmo que acontece num emprego, se entregas resultados renovas o contrato caso contrário és despedido. Mesmo que estejas sempre a entregar resultados com o passar dos anos começam a aparecer gente mais nova, com mais genica, sem família e com muito mais disponibilidade para trabalhar mais horas e isso faz com que as empresas começam a ‘encostar’ os antigos empregados de forma a arranjar uma maneira o menos onerosa para se ver livre deles.

Estou certo que já ouviste várias pessoas queixarem-se que deram tanto do seu tempo à sua empresa, abdicaram de momentos familiares e o retorno que esta lhes deu foi ver-se livre delas.

É por isso é que vemos a maioria dos ex-atletas a queixarem-se que apesar de terem trazido medalhadas para Portugal têm dificuldades financeiras. Isso deve-se ao facto dos atletas terem uma enorme dificuldade em aceitar que um patrocínio é um negócio e não um apoio.

Como negócio é na grande maioria dos casos um mau negócio para os atletas, uma vez que recebem um valor extremamente baixo quando comparado com o valor que a empresa patrocinadora recebe resultante da venda dos produtos promovidos pelo atleta.

Para alem disso o valor da imagem do atleta tem flutuações muito elevadas sendo que está em alta num curto espaço de tempo, pois se hoje toda a gente fala dele porque ganhou aquela medalha, daqui a quatro meses irão estar a falar de outro atleta que ganhou outro título. Quando deixam de competir deixam de ganhar títulos, logo na esmagadora maioria dos casos o seu valor cai para zero.

Também no caso dos atletas existe uma minoria que tem uma visão maior e opta por em vez de receber apenas uma pequena parte do seu valor, aproveitam esse seu valor para construirem um negócio e controlar o seu futuro sem depender dos interesses de negócio dos outros. Um negócio que lhes pode proporcionar a segurança de serem financeiramente independentes quando terminar a sua carreira desportiva.

Sim, há uma pequena minoria de atletas que já tem essa visão e é por isso que escolhem juntarem-se à maior empresa de nutrição do mundo, onde podem ter um negócio só seu com o apoio de uma grande marca por trás.

Saber que estás dentro de um negócio milionário, onde 73% do valor do produto é devolvido aos Membros e com toda a estrutura de uma grande multinacional que te permite ter um negócio vitalício e hereditário em mais de 90 países, dá-te a possibilidade e segurança para controlares totalmente o teu futuro dedicando-te à modalidade que mais amas sem depender de ninguém.

Um negócio que te dá a liberdade de participares nas provas que TU decides e não nas provas que te obrigam a participar para que a exposição da tua imagem justifique o patrocínio.

Isto dá muito mais segurança que um ‘ordenado’ que pode acabar já amanhã e também te dá toda a liberdade que qualquer atleta deseja.

É muito bom conhecer atletas de renome com esta visão.

Bem-vindos à Família Herbalife Ana & Miguel.

Um abraço,

António Ferreira

 

Se pretenderes uma solução nutricional com produtos Herbalife ou um part-time e iniciares o teu negócio como Membro Herbalife fazendo parte minha equipa, entra em contacto através do mail: info@bemestarglobal.com pois o meu propósito é ajudar pessoas que querem mais da sua vida a desenharem o estilo de vida dos seus sonhos e a viver livremente a sua paixão. O negócio Herbalife é para mim uma das melhores formas que conheço de proporcionar isso.

 

Miguel Ricardo: https://www.facebook.com/pg/thorgod

Ana Fragoso: https://www.facebook.com/Ana-Fragoso-IFBB-198086063659746

Prémios:

– 1ª Classificada Taça de Portugal 2011

– 1ª Classificada Campeonato Nacional 2012

– 1ª Classificada Grande Prémio de culturismo RS

– 8ª Classificada Arnold Classic Europe 2012

– 1ª Classificada Open Vila do Conde 2012

– 1ª Classificada Taça de Portugal 2012

– 1ª Classificada I Open Ibérico Cidade de Castelo Branco

– 1ª Classificada Open Academia António Mesquita

– 1ª Classificada Open SL Nutrition

– 6º Arnold Classic Europe

– 5º ELVS Prague Pro Bikini Olympia Amateur